Miar à Chuva

sábado


E já está :-)
Mais uma série vista - correcção - devorada. Se dúvidas haviam acerca da qualidade das séries da BBC, com toda a certeza que se dissiparam nesta obra.
Confesso que não conhecia esta obra de Dickens mas fiquei com muita vontade de a ler. Mas que continuo com a ideia que este autor tinha uma certa obsessão por órfãos, ai isso continuo! Por exemplo, nesta série aparece o simpático Jo que, apesar de humilde e simples, terá um fim trágico e cruel. Aliás, algumas (um número considerável) das personagens têm um fim trágico.
Trata-se de uma obra cinematográfica com um grande ritmo, principalmente nas viragens de cena e que nunca deixa acalmar a excitação e a tensão do espectador. Cheguei a ter reacções completamente opostas, desde ficar muito triste, a quase libertar alguma lágrima num momento mais desprevenido, a rir-me às gargalhadas (aquele Guppy era demais, completamente hilariante, grande interpretação do actor Burn Gorman), a sentir-me enervada e com raiva (digamos que há um certo advogado que é terrível na sua crueldade e frieza) até pura e simplesmente sentir uma certa ternura. A minha opinião é que a selecção EXCELENTE de actores em tudo contribuiu para enriquecer esta série e é essa, no meu entender, a grande mais valia.
Uma série que toda a gente gostará de ver. Acho que ninguém é indiferente à qualidade e este, com toda a certeza, é um caso desses.



Sinopse: Nesta adaptação em 15 capítulos da BBC do clássico de Charles Dickens também conhecida como Casa Desolada, Casa Sombria ou Casa abandonada, uma batalha legal interminável por causa de um testamento irá mudar para sempre a vida de três jovens que procuram o seu lugar no mundo. Com grande elenco, que inclui pequenas aparições especiais de vários conhecidos atores britânicos, personagens excêntricos e surreais e um mistério que se desvenda ao longo dos episódios, Bleak House consegue cativar-nos do primeiro ao último minuto, mesmo quando nos deixa adivinhar o final do mistério. O longo processo de Jarndyce e Jarndyce, que está no centro da história, é apenas um recurso para explorar a decadência da sociedade vitoriana, onde a corrupção, a violência e a morte andam de braços dados com a escalada social e o abuso do poder.
Se Anna Maxwell Martin, no papel da heroína Esther Summerson, consegue apaixonar qualquer um, o grande destaque da série tem de ser dado a Gillian Anderson, irreconhecível no papel da fria Lady Dedlock, uma mulher com um segredo escondido, que voltará para assombrar a sua vida.

3 Comments:

  • Eu também tenho a ideia que C. Dickens tinha grande obcessão por orfãos e maus-tratos... Essa série ainda nunca vi.
    (olha, como colocaste esta imagem de fundo nova??)
    Ana Cristina

    By Blogger Oficinas RANHA, at 26.11.08  

  • Olá :-)
    Esta série é muito boa.
    Quanto à imagem do fundo vou enviar-te um mail a explicar.
    Até já

    By Blogger Miar à chuva, at 6.12.08  

  • Este comentário foi removido pelo autor.

    By Blogger Miar à chuva, at 6.12.08  

Enviar um comentário

<< Home