Miar à Chuva

sexta-feira

Não gosto... gosto!!

Se há coisa que não gosto é ver livros maltratados ou mal manuseados!! Com a capa ou as folhas rasgadas; com os cantos dobrados (parece que não sabem o que é um marcador de livros); com as folhas recheadas de restos de bolachas, ou com pequenas manchas de compota. À cerca de 2 meses emprestei um livro (que eu adoro) a uma vizinha e ela veio-me devolvê-lo ontem... completamente irreconhecível!! Com todos os danos que eu referi no início e mais alguns... fiquei triste, muito triste, porque é um livro que eu realmente gosto.
Quando peço emprestado algum livro, podem ter a certeza que o livro é devolvido como veio. Sem qualquer dobras ou vincos. Porque sei que esse livro pertence às memórias de outra pessoa.
Agora uma outra história é quando eu vou a um alfarrabista ou a alguma feira de livros usados... perco totalmente a cabeça... Adoro pegar em livros com as suas páginas amareladas, sábias, que alguém já as leu, que já virou com carinho cada uma, que leu rapidamente algumas folhas só porque estava em pulgas para saber o desfecho da história... Na última vez que fui a um alfarrabista comprei (entre muitos) um livro que se chama "Desenraizados", de Erich Maria Remarque. Trouxe-o para casa e passada uma semana voltei a pegar nele e com ele veio uma surpresa... um selo português de 1965 que tinha escrito atrás: "Espero que gostes."
Admito!!! O meu coraçãozito palpitou de emoção e curiosidade, e revolvi as folhas à procura de mais alguma coisa... mas nada! Passados 2 meses continuo a pensar naquela mensagem e quem deveria ter sido o seu destinatário e o seu remetente... Ainda não li o livro (tenho tantos para ler:-) ), mas sempre que olho para ele lembro-me do selo... Pequenas partidas da vida... e dos livros :-))))

1 Comments:

  • Foi a primeira vezque aqui vim e encontrei alguém que tem os mesmos hábitos que eu (em relação aos livros, claro). Adoro livros novos, com cheiro a novo, folhas limpinhas e sem manchas. Quando vou a uma livraria é isso que espero.
    Mas também adoro livros usados, com história de serem lidos, dos seus donos, das casas onde viveram. E é isso que quero de um livro do alfarrabista. E detesto que me arruínem os meus livros, que são os objectos que mais amo.
    Voltarei. Aguardo a tua visitinha e opinião nos nossos blogs (meus e da minha irmã)
    Até à próxima. Ana Cristina

    By Blogger Oficinas Ranha, at 11.10.06  

Enviar um comentário

<< Home